Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Revista UniAraguaia de Pós-Graduação?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

O original deve ser submetido pelo sistema on-line, após cadastro no mesmo como AUTOR(ES). Não serão aceitas submissões feitas por outros modos.

Exige-se a titulação mínima de MESTRE para um dos autores do trabalho submetido a avaliação. Para a submissão também serão aceitos manuscritos elaborados em coautoria com pesquisadores doutores vinculados a instituições de ensino e pesquisa nacionais e internacionais.

A comunicação sobre os resultados de um trabalho exige uma redação própria de divulgação, visando dessa forma, alcançar o público alvo. Para cada uma das formas de divulgação existem normas padronizadas para facilitar a correção e diagramação do artigo para publicação, uma vez que o fato de um trabalho não estar redigido modo adequado determina inevitavelmente em atraso para sua aceitação e publicação, independentemente de seu mérito científico.

Segundo a NBR 6022/2003a da ABNT, existem três tipos de artigos. Assim, de acordo com a característica da análise elaborada pelo pesquisador, o artigo pode ter a seguinte distinção:

Artigo Teórico: Apresenta uma argumentação favorável ou desfavorável a uma determinado visão de realidade.

Artigo Analítico: O pesquisador elabora uma análise de cada componente pertencente ao assunto procurando fazer uma relação com o todo.

Artigo Classificatório: Busca estabelecer uma classificação das características de um certo tema explicitando as suas partes.

 

Editorial: responsabilidade do(s) editor(es). Este texto deve ter, no máximo, 3.500 caracteres.

Considerações Importantes

  • Prezados autores, para que seu trabalho seja publicado na REINPG e  seja automaticamente atualizado e reconhecido no mundo todo, faça seu cadastro ORCID e insira o código identificador em seu CADASTRO NA REINPG, pois em um único local todas as suas publicações, e, através da integração com outros identificadores (Researcher ID, Scopus ID, Crossref DOI, etc) serão agrupadas.

  • O artigo deve ser enviado somente pelo site da Revista (http://www.fara.edu.br/sipe/index.php/REINPG), mediante cadastro de um dos autores, para ser submetido a análise.
  • Os editores podem decidir sobre a pertinência em abrir o processo editorial para o manuscrito proposto, fundamentando-se nos os seguintes critérios: vínculo com o foco e escopo da revista, apresentando originalidade, clareza do argumento central, conclusões baseadas em investigações sistemáticas e adequação nas normas submissão de manuscritos.

  • Os manuscritos selecionados para o processo editorial serão enviados para dois revisores. O processo de avaliação será anônimo e o Conselho Editorial procederá a seleção final da publicação.

  • Todos os manuscritos devem ser enviados em Word. Em uma página de rosto deve apresentar-se o título do artigo (Português - Inglês), nome do(s) autor(es), a instituição a que pertence(m), e-mail (de todos os autores), agência de fomento.

  • OS TRABALHOS ENVIADOS DEVEM APRESENTAR OBRIGATORIAMENTE TÍTULO (Português - Inglês), Resumo (Português - Inglês) e Palavras-chave (Português - Inglês). Os trabalhos que não se enquadrarem neste requísito serão devolvidos aos autores para realizarem as adequações a esta norma.
  • A redação científica deve ser clara e direta não deixando margens a interpretações diferentes do que se deseja comunicar.
  •  Devem ser evitadas as expressões vulgares, coloquiais e ambíguas.
  • Recomenda-se, na linguagem científica, que se use a terceira pessoa do singular e voz passiva. Devem ser evitadas as expressões taxativas, utilizando-se afirmações ou negações que sejam consequências do raciocínio ou de inferências lógicas dos dados analisados.
  • Parágrafos curtos são mais recomendáveis numa redação científica.
  • Trabalhos que envolvam a coleta e retirada de animais silvestres de ambientes naturais, devem ser acompanhados de licença de liberação de autorização para sua execução.

Idioma

A REINPG aceita aceita submissões preferencialmente em Inglês, podendo receber também em Espanhol e Português. Recomenda-se fortemente a submissão de artigos em inglês para que tenha uma disseminação maior e consequentemente maior impacto na área. Artigos em inglês podem seguir ou o estilo e grafia “americana” ou o “britânica”, entretanto os autores devem ser consistentes ao longo do texto.

Se o manuscrito redigido em português for aceito para publicação, caso deseje, o autor poderá traduzir a versão aprovada para a língua inglesa. A tradução deverá ser feita por especialista no idioma e com conhecimento dos termos técnicos da área, o que deve ser comprovado por meio de uma declaração ou certificação do tradutor atestando o serviço.

Caso o autor se interesse, a Revista pode indicar empresas especializadas no serviço. Destaca-se que a REINPG não tem parceria com essas empresas, ficando a decisão de contratar o serviço a critério do autor.


POLÍTICA CONTRA PLÁGIO E MÁS-CONDUTAS EM PESQUISA

 Com o objetivo de manter a qualidade das publicações e garantir a integridade dos conteúdos que são veiculados pela REINPG, sugerimos que os autores visitem o sítio do Comitê de Ética em Publicação, o COPE (Committee on Publication Ethics), disponível em: http://publicationethics.org, onde é possível obter mais informações sobre identificação de plágio, fraudes e possíveis violações de ética.

Antes de serem designados para a avaliação cega por pares, todos os manuscritos são submetidos a ferramentas capazes de detectar plágio. As ferramentas utilizadas são http://www.docxweb.com/ e http://copyspider.com.br/main/pt-br

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. Formatação do Artigo

    O trabalho a ser considerado para publicação deve obedecer às regras da ABNT/NBR 6022-2018:

    Formato

    1. Os textos devem ser apresentados em papel branco, formato A4 (21,0 cm x 29,7 cm), digitados no anverso da folha, exceto a folha de rosto.
    2. Fonte:
                  i.      Fonte: Times New Roman
                  ii.      Tamanho 12 para texto.
                  iii.      Tamanho 11 para citações longas.
                  iv.      Tamanho 10 para notas de rodapé.

    Margem

    1. As folhas devem apresentar margem esquerda e superior de 3 cm; direita e inferior de 2,0 cm.

     Espacejamento

    1. Todo texto deve ser digitado com espaço SIMPLES nas entrelinhas.
    2. Parágrafo da Primeira linha de cada parágrafo deve ter 1,25 cm.
    3. As citações longas, as notas e os resumos devem ser digitados em espaço simples.
    4. As referências bibliográficas devem ser digitadas em espaço simples nas entrelinhas.

     Paginação

    1. A numeração é colocada, a partir da primeira folha da parte textual, em algarismos arábicos, no canto superior direito da folha, a 2 cm da borda superior, ficando o último algarismo a 2 cm da borda direita da folha.
    2. Os trabalhos devem ter no máximo 25 páginas. O número de páginas deve incluir tabelas, figuras e bibliografia citada.
  2. Registrar Código Orcid ID

    Prezados autores, para que seu trabalho seja publicado na REINPG e seja automaticamente atualizado e reconhecido no mundo todo, realize seu cadastro ORCID e insira no seu cadastro na REINPG, pois em um único local todas as suas publicações, e, através da integração com outros identificadores (Researcher ID, Scopus ID, Crossref DOI, etc) serão agrupadas.

  3. Estrutura do Artigo

    TÍTULO

    A escolha do título de um artigo científico requer bastante cuidado por parte do seu autor, pois ele objetiva, principalmente, atrair o leitor. Nesse sentido, ele tem de ser revestido de muita atenção e, assim, dentre todos os títulos propostos provisoriamente, o pesquisador escolherá aquele que melhor se identificar com o conteúdo. Para tanto, ele precisa ser criativo, não muito extenso e realmente instigar a curiosidade do leitor. Além disso, é pertinente que o escritor não se esqueça que o título não pode conter construções com sequência de sujeito, verbo e complemento.

     Autor(es)

    Em um artigo científico o nome completo do(s) autor(es) apresenta-se logo abaixo do título e à direita.

    É preciso que se utilize um número ou, então, asterisco logo após o nome do autor, ou dos autores quando a produção não for individual. Essa providência faz-se necessária para que o autor ou autores sejam identificados no rodapé da primeira página.

    Tal identificação possibilita que o leitor saiba quem é ou quem são os autores do artigo. Deve conter a formação profissional ou outro curso ou, ainda, a atividade do autor, porém, desde que haja ligação com o tema do artigo. Além disso, se necessário, inserir a instituição onde o autor exerce suas atividades.

     

    RESUMO

    O resumo, cujas normas são definidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT na NBR 6028 (2003c) consiste na condensação de um texto mantendo suas ideias fundamentais. Nesse sentido, o leitor deve permanecer fiel às ideias do autor. Isso não significa que ele irá tão somente transcrevê-las, pelo contrário, ele precisa, com as palavras do seu próprio vocabulário, expressar a mensagem transmitida pelo autor. Em suma, trata-se de expor, em geral em um único bloco, as ideias principais contidas no texto.

    No tocante à linguagem, a NBR 6028 (2003c) sugere que o autor utilize, preferencialmente, a terceira pessoa do singular e, ainda, mantenha o verbo na voz ativa.

    Quanto a extensão, recomenda que os artigos científicos devem conter até 250 (duzentos e cinquenta) palavras.

     

    ABSTRACT

    O Abstract é o resumo traduzido para o inglês.

     

    O Resumo e o Abstract devem conter:

    Contexto: Nessa parte, tem que apresentar ao leitor do que se trata o trabalho, isto é, contextualizá-lo.

    Objetivo: Descreva o objetivo do trabalho em relação a problemática apresentada no Contexto.

    Método: descrever sucintamente quais foram os métodos utilizados; se foi um estudo de caso, experimento, revisão de literatura, etc. É bom colocar alguns detalhes do método.

    Resultados: apresentar os principais resultados do estudo, de forma bem sucinta. Se atenha aos resultados mais relevantes do estudo.

    Conclusão. Na conclusão é importante que descrever quais foram as principais descobertas do estudo.

    TEXTO

    O corpo principal do trabalho deverá ser dividido em Introdução, Material e Métodos, Resultados, Discussão e Referências Bibliográficas. O título de cada uma das seções deverá estar centralizado e escrito em caixa alta. Subseções, quando houver, deverão ter seus títulos alinhados à margem esquerda e escritos em minúsculas.

    Os relatos deverão basear-se nas técnicas mais avançadas e apropriadas à pesquisa. Quando apropriado, deverá ser atestado que a pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética e Biossegurança da Instituição.

    As equações deverão ser editadas utilizando software compatível com o editor de texto.

     

    INTRODUÇÃO

    A introdução é o elemento textual que comunica o assunto ao leitor, por isso ela é a sua porta de entrada. Ela deve explicitar o tema, o(s) objetivo (s), a metodologia, de forma a situar o leitor no texto. Nesse sentido, os termos e os conceitos nela apresentados devem revestir-se de bastante precisão, a fim de se evitar introduções vagas ou, então, confusas. Além da criatividade e originalidade imprescindíveis a ela, a introdução deve refletir exatamente as intenções do trabalho.

     

    MATERIAL E MÉTODOS

    Devem conter, de forma resumida e clara, informações suficientes para explicar os procedimentos realizados e permitir que o estudo seja repetido por outros pesquisadores. Técnicas padronizadas bastam ser referenciadas. As unidades de medidas e as suas abreviações seguirão o Sistema Internacional e, quando necessário, deve constar uma lista com as abreviaturas utilizadas.

     

    RESULTADOS

    Devem indicar uma descrição concisa sobre as informações descobertas, com o mínimo julgamento pessoal. Não repetir no texto todos os dados contidos em tabelas e figuras. Números (dígitos) devem estar separados de unidades por um espaço. Por exemplo, 60 °C e NÃO 60°C, exceto para percentagem (p.exe, 5% e NÃO 5 %). Utilizar unidades e símbolos do sistema internacional e simbologia exponencial. Por exemplo: cmol kg-1 em vez de meq/100g.

     

    DISCUSSÃO

    Deve limitar-se ao significado dos resultados e relacioná-los às informações existentes, preferencialmente, mais recentes. Somente citações indispensáveis devem ser incluídas. Deve ser dada ênfase sobre novas informações. Novas hipóteses devem ser claramente identificadas. Conclusões devem ser suportadas por fatos ou dados. Subdivisões são possíveis.

    Ao critério dos autores, os resultados e discussão podem ser apresentados em conjunto.

     

    CONCLUSÃO

    A conclusão é o elemento textual que finaliza toda a argumentação. Nesse momento o autor expõe as suas deduções e/ou inferências, buscando fazer uma ligação com os argumentos expostos no texto. Trata-se de uma retomada dos conceitos apresentados tanto na introdução como no desenvolvimento, mas não uma repetição. Em outras palavras, é a fase de “[...] dedução lógica, baseada e fundamentada no texto, de forma resumida” (LAKATOS; MARCONI, 2010, p. 259). Enfim, a conclusão procura destacar os resultados obtidos na pesquisa.

     

    REFERÊNCIAS

    As referências bibliográficas, obrigatoriamente, fazem parte dos elementos pós-textuais. Elas devem ser apresentadas em ordem alfabética e seguirem rigorosamente a NBR 6023:2018 da ABNT.

    As referências devem ser elaboradas em espaço simples, alinhadas à margem esquerda do texto e separadas entre si por uma linha em branco de espaço simples. Quando aparecerem em notas de rodapé, devem ser alinhadas à margem esquerda do texto e, a partir da segunda linha da mesma referência, abaixo da primeira letra da primeira palavra, de forma a destacar o expoente e sem espaço entre elas.

    Os elementos essenciais devem refletir os dados do documento referenciado. Informações acrescidas devem seguir o idioma do texto em elaboração e não do documento referenciado.

    Para documentos online, além dos elementos essenciais e complementares, deve-se registrar o endereço eletrônico, precedido da expressão Disponível em:, e a data de acesso, precedida da expressão Acesso em:.

    As referências, ordenadas em uma única lista, devem ser padronizadas quanto ao recurso tipo- gráfico e à adoção dos elementos complementares. O recurso tipográfico (negrito, itálico ou sublinhado) utilizado para destacar o elemento título deve ser uniforme em todas as referências. Isso não se aplica às obras sem indicação de autoria, ou de responsabilidade, cujo elemento de entrada seja o próprio título, já destacado pelo uso de letras maiúsculas na primeira palavra, incluindo artigo (definido ou indefinido) e palavra monossilábica iniciais (se houver).

    Ao optar pelo uso de elementos complementares, estes devem ser incluídos em todas as referências do mesmo tipo de documento.

  4. Considerações Finais

    Ao receber o manuscrito recomendado para publicação com as notas editoriais, o(s) Autor(es) deve(ram) corrigir imediatamente (no prazo máximo de 15 dias) o manuscrito, tabelas e figuras e devolvê-lo por meio eletrônico.

  5. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, justificar em "Comentários ao Editor".
  6. Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF (desde que não ultrapasse os 2 MB).
  7. Todos os endereços de páginas na Internet (URLs), incluídas no texto (EX: www.ibict.br) estão ativos e prontos para clicar.
  8. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Estrutura do Artigo, na seção CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO.
 

Declaração de Direito Autoral

Os direitos autorais dos artigos publicados serão transferidos à REINPG, permitindo sua posterior reprodução como transcrição e com devida citação de fonte. No caso de aceitação e antes da publicação do artigo, o(s) autor(es) deverá(ão) redigir uma declaração transferindo formalmente os direitos autorais à revista.

O autor pode ainda, imprimir e distribuir cópias do seu artigo, desde que mencione que os direitos pertencem a REINPG.

Os direitos de autor incluem o direito de reproduzir na íntegra ou em parte por qualquer meio, distribuir o referido artigo, incluindo figuras e fotografias.

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por este periódico, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

 A Revista Interdisciplinar de Pós-Graduação da UniAraguaia se compromete a não monitorar ou divulgar informações sobre o acesso do usuário, a menos que seja obrigado a fazê-lo mediante ordem judicial.