AVALIAÇÃO DE IMPACTOS AMBIENTAIS EM NASCENTE DA FAZENDA PANORAMA MUNICÍPIO DE GUAPÓ-GO

Wesley Ferreira de Sousa, Milton Gonçalves Silva Junior, Fernando Ernesto Ucker, Ressiliane Ribeiro Prata Alonso, Mayara Wesley da Silva, Cristina de Fátima Mattos Antunes

Resumo


Considerando a importância de se preservar as nascentes, visto que elas dão origem aos cursos d’água, este trabalho se propôs a realizar um estudo de caso na fazenda Panorama localizado no município de Guapó, com o objetivo de realizar uma avaliação dos impactos ambientais da nascente. Com objetivo específico, pretende-se analisar os aspectos físicos e antrópicos do local, apresentando as irregularidades que causam impactos negativos à nascente, propondo ao final, medidas mitigadoras para essas possíveis irregularidades. O estudo foi realizado por análises de dados como relatórios fotográficos através de visitas no local para encontrar a degradação e o agente degradador Após constatações dos agentes degradadores da nascente na fazenda Panorama, como falta da mata ciliar em torno da mina de acordo com o código florestal, não havia contenção dos animais com barreira física e voçoroca a jusante do afloramento superficial causando assoreamento, após a identificação foram sugeridas medidas para recuperação e regeneração da área degradada. É de grande importância que todos se conscientizem com a preservação das nascentes para um futuro melhor.


Palavras-chave


Nascente; Degradação; Recuperação.

Texto completo:

Vol15-1-art-11

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 RENEFARA

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

RENEFARA - Revista Eletrônica de Educação da UniAraguaia Centro Universitário - ISSN: 2236-8779

 

 

 



SalvarSalvarSalvarSalvar